Mil árvores!

Adoro iniciativas verdes! Que os fãs do programa fiquem inspirados!
Só uma ressalva: não é qualquer árvore que pode ser plantada em todos os lugares. É preciso fazer uma pesquisa primeiro para saber qual árvore vai se adaptar melhor ao local escolhido. Árvores com raízes muito profundas, por exemplo, que crescem verticalmente, são ideais para calçadas.  Outras não, principalmente aquelas com raízes rasas que acabam quebrando o calçamento e entrando embaixo das casas, causando prejuízo. Normalmente as prefeituras, e algumas ONG's, tem essas informações.

Beijos
Cintia
- - - - - - - - -
Mil árvores são plantadas para neutralizar gases poluentes produzidos pelo programa Hoje em Dia
A ação reuniu apresentadores e grupo de jovens em Itatiba nesta quarta-feira
Em: 03/08/2011 às 19h37:
Por: Vanessa Sulina, do R7


Diante da TV para assistir ao programa Hoje em Dia, da Rede Record, o telespectador pode imaginar o trabalho que dá para se produzir todas as reportagens que são levadas ao ar. O que deve ser difícil para o público calcular é a quantidade de gases poluentes que são lançados no meio ambiente durante a produção dessas notícias.

Em apenas um ano, a atração produziu 166 toneladas de carbono: um dos gases mais prejudiciais ao ambiente e à saúde. Para neutralizar toda esta emissão, os apresentadores do programa, Celso Zucatelli, Chris Flores, Gianne Albertoni e Edu Guedes, reuniram-se no Zooparque, em Itatiba, interior de São Paulo, na semana passada, para plantar mil árvores.

Embaixadora do ano internacional das florestas da ONU (Organização das Nações Unidas), Chris Flores falou que é “fundamental um meio de comunicação (a TV Record)” conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação: "Qualquer pessoa pode plantar uma árvore em sua casa, apartamentos, na sua rua. Somos quase 200 milhões de brasileiros e, se cada um plantar sua árvore, teremos um país bem mais verde".

Várias espécies de mudas brasileiras foram plantadas nesta tarde. Entre elas, algumas que estão em extinção, como contou o diretor do IBF (Instituto Brasileiro de Florestas), Higino Aquino. Ele ainda disse que os apresentadores poderão acompanhar “de perto” o desenvolvimento de cada uma delas. "A peroba-rosa, por exemplo, quase não existe mais. Cada uma destas espécies tem sua qualidade medicinal. E também valorizamos as árvores nativas brasileiras. Eles ganharão um cartão com um número, que é um registro da planta, para acompanhar a cada seis meses como estará a árvore".

Além dos apresentadores, um grupo de jovens do curso de Multimeios, mantido pelo Instituto Ressoar, participou da ação representando toda a produção do programa. A coordenadora do curso explicou que além da importância do plantio das árvores, essa é uma “boa oportunidade” para os jovens acompanharem como funciona a produção de um programa de TV.

O encontro faz parte de uma parceria do Instituto Ressoar com o IBF e o Zooparque. De acordo com o presidente do Instituto, Ivanildo Lourenço, a ação tem como objetivo mobilizar toda a sociedade para a questão ambiental.

Esta também é a preocupação do Zooparque, segundo explicou o proprietário do local, Hans Furrer. A reserva é particular, tem 500 mil m² e abriga 1.500 espécies de animais, entre elas o lobo-guará, que está ameaçado de extinção.

3 Deixe aqui sua opinião!:

Giovana Damaceno disse...

Flor, as árvores com raízes profundas, que crescem verticalmente, podem sim, ser plantadas em calçadas. As que não podem são as de raízes rasas, que crescem horizontalmente, na superfície. Essas são arrasadoras. Derrubam até casas.

c i n t i a disse...

Obrigada, Gi!
Vou corrigir a postagem!

Bjs!!!!

Mimirabolante disse...

Parabéns pela postagem !!!!bjcas