Solidariedade também com os animais


Diante de tamanha catástrofe na região serrana do Rio de Janeiro, uma coisa boa que vemos é a solidariedade das pessoas. Quantas doações! E quantos voluntários! É muito bom saber que essas pessoas, já tão castigadas pela enxurrada, podem contar com a boa vontade e a mão amiga de outros.

Um fato importante que está acontecendo por lá também, é em relação aos animais que ficaram perdidos depois da enxurrada que levou milhares de casas e soterrou tantas pessoas. Muitos animais desabrigados, inclusive filhotes, estão vagando pelas ruas desorientados, como é o caso do animal na foto acima que todos já devem ter visto na TV: o cãozinho foi resgatado na sexta-feira e ele estava há dias ao lado do túmulo de sua dona, Cristina Maria Cesário Santana, morta em decorrência dos desabamentos. Foi apelidado de "Caramelo" pelos moradores e segundo a veterinária Andrea Lambert, membro da comissão, Caramelo estava sem ferimentos, mas muito assustado. A equipe teve que colocar uma focinheira no animal para conseguir dominá-lo.


As equipes da Comissão Especial de Proteção Animal da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e voluntários já conseguiram resgatar cerca de 100 cães, em Teresópolis. Muitos dos animais, segundo o coordenador da comissão, Fabiano Jacob, estão gravemente feridos.

Os animais encontrados foram levados para um galpão no bairro Melbon, que está servindo como abrigo em Teresópolis, e para um Ciep, em Itaipava. Lá uma equipe formada por oito pessoas já resgatou mais de 180 animais em Teresópolis e em Petrópolis, com a ajuda do Instituto Estadual do Ambiente e de ONGs locais.


Segundo o presidente da comissão, o deputado André Lazaroni, os animais estão sendo cuidados para que, passado tudo, os donos voltem para recolher seus animais. Aqueles que não forem recolhidos pelos donos nos abrigos, serão colocados para adoção.

E o projeto "Pelo Próximo", grupo que realiza um trabalho filantrópico de pet terapia, está arrecadando doações para ajudar as vítimas das enchentes da Região Serrana. A prioridade do grupo é ajudar as pessoas e os animais das áreas de São José e Areal, perto de Petrópolis.

Essa semana, eles vão enviar para Petrópolis as doações arrecadadas. A campanha já conta com postos de coleta em vários bairros do Rio. O grupo de voluntários está arrecadando rações, medicamentos, alimentos não perecíveis, jornais, produtos de limpeza, água mineral, material de primeiros socorros, roupas, cobertores e colchonetes. Mais informações podem ser obtidas pelo email: peloproximo@gmail.com .


Fonte: O Globo

5 Deixe aqui sua opinião!:

YuRii disse...

todas essas ajudas são mesmo essencias nesse momento! ate mesmo aos animais, que as vezes são esquecidos nessas horas!

Sah disse...

Aii, que bom que vc gostou do site flor! ^^
Fico feliz! Ah, a ecobag chegou em casa!!! Adoreiii! Vou tirar fotinhos e colocar no site para todos verem! Ah...fiquei feliz com essa ação de solidariedade das pessoas em ajudar essas pobres criaturas. Se eu pudesse, eu ía de caminhão lá pegar todos os gatinhos, cãezinhos, e outros animais para ajudar todoss....
mas como não tenho condições...fico na esperança de outros fazerem por amor a Deus e suas criaturas!

bjokss

Bruno disse...

Muito triste...

Mas falando de coisas boas, chegou o meu prêmio!!!!!

AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE


Muito obrigado!

Mimirabolante disse...

Cintia....ontem um caminhão saiu da casa da minha sobrinha ,aqui no Rio com destino à Friburgo.....muitas doações !!!Desejo muita sorte aos seus familiares !!!!bjcas

anticorpos disse...

Eles também merecem solidariedade!