Programa Semear

Ações assim devem ser divulgadas! Um projeto muito bom que está prestes a ser implantado por todo o país.

Beijos,
Cintia
- - - - - - - - -


Detentos produzem mudas nativas para recuperação da Mata Atlântica

O Semear visa a criação de viveiros florestais em penitenciárias, usando projetos socioambientais como ferramentas de reinserção social.

Com o objetivo é promover a ressocialização de sentenciados através da construção e do gerenciamento de um viveiro florestal para capacitação profissional e efetiva produção de mudas nativas, o Projeto Semear atende à demanda de projetos de recuperação florestal. As ações vão desde capacitação para coleta de sementes nativas, até produção e comercialização de mudas florestais.

Outro componente do programa é a geração de emprego e renda através dos investimentos realizados pelo IBFLORESTAS na implantação do projeto. O Programa Semear tem duplo objetivo: um social, no que se refere à reabilitação dos presidiários de Dracena, e um ambiental, relacionado à produção de mudas de árvores nativas. Essa junção de objetivos consolida o resultado da vontade de criar condições para o desenvolvimento de projetos ambientais sob o conceito de autossustentabilidade.


O Programa Semear é mais um projeto coordenado pela AIF - Aliança Internacional de Florestas, empresa que atua no desenvolvimento de projetos socioambientais sob o conceito de autossustentabilidade. O Semear busca aliar recuperação florestal, reinserção social e reeducação para a cidadania através da criação de viveiros florestais em penitenciárias, fornecendo capacitação profissional para que detentos possam desenvolver a atividade de viveiristas e produzam mudas nativas destinadas à recuperação de matas ciliares.

Em Dracena, o programa conta com as parcerias da Prefeitura Municipal, Penitenciária Compacta, Ministério Público e das usinas Alta Paulista, Caeté, Central do Paraná, Decasa, Dracena, Ipê, Rio Vermelho e Santa Mercedes, além de agentes da sociedade organizados voluntariamente. O programa tem se mostrado tão certo e positivo que o objetivo é a sua expansão a nível nacional, e as primeiras cidades em foco serão Ribeirão Preto/SP e Uberlândia/MG.



• Quer participar? É simples!

1) O IBF entra em contato com empresas usineiras do setor canavieiro que necessitam realizar ações de combate de seus passivos ambientais por meio de recuperação de suas áreas degradadas (como a recuperação/manejo de suas Áreas de Preservação Permanente - APPs) e que compartilham do ideal socioambiental do PROGRAMA SEMEAR.

2) Após um primeiro contato, o IBF desenvolve uma proposta personalizada para atender as necessidades especificas da usina.

3) Um contrato é então apresentado a usina, a qual firma o TERMO DE CONVÊNIO. Documento este, que oficializa a entrada da usina ao programa como parceira do Programa Semear, definindo responsabilidades e deveres às partes (usina e IBF).

4) Em contrapartida ao pagamento, dá-se a reserva de mudas previamente estipuladas em contrato.

5) Na Em conformidade com a demanda da usina em questão, e demanda de plantio de mudas, as usinas realizam a solicitação das mudas junto ao IBF, o qual realizará o posterior plantio das mesmas.

6) Caso haja necessidade, vontade e interesse, a parceria é então renovada e o programa extendido.

Fonte: Programa Semear

4 Deixe aqui sua opinião!:

Chica disse...

Animador,muito bom!beijos,chica

Fujiro Ecotêxtil disse...

Realmente, uma ação que deve ser muito divulgada, então parabéns pela atitude.

Divulgamos esse post em nosso twitter, caso queira conferir: www.twitter.com/fujiro

Parabéns pelo post e pelo blog, está nos nossos favoritos =)

c i n t i a disse...

Que bom Fujiro! Fico muito feliz com isso!
Obrigada!!

Já te retuitei por lá.

Abçs, Cintia.

Fonte de Renda disse...

Maravilha !

Ótimo artigo!